Principais problemas do couro cabeludo

 

 

Hoje em dia preocupamo-nos muito com o nosso cabelo e com o seu aspecto, mas por vezes acabamos por descurar o couro cabeludo e também não sabemos interpretar os sinais que este nos dá, assim deixamos alguns dos principais problemas de couro cabeludo não esquecendo que deve sempre consultar um dermatologista se algum destes problemas o afectar.

 

 

 

Caspa:

A caspa é caracterizada por uma descamação do couro cabelo, com pequenos flocos de pele brancos que se desprendem facilmente do cabelo, pode ser acompanhada por um leve prurido e piora com os banhos quentes, pelo que o seu tratamento passa por preferir água mais tépida e a administração de shampoos à base de piritonato de zinco.

 

 

 

Eczema:

O eczema, também denominado dermatite, pertence a um grupo de doenças  que maioritariamente causam uma inflamação na pele levando ao aparecimento de prurido e vermelhidão. A causa da dermatite não é muito clara mas acredita-se que é determinada pelo historial clínico, já a dermatite de contacto alérgica ocorre devido a uma exposição à substancia que é alérgico.

 

 

 

Psoriase:

A psoriase é uma doença que afecta outras partes do corpo mas estima-se que cerca de 1% da população mundial sofre de psoriase no couro cabeludo. Facilmente confundida com caspa, a psoriase identifica-se por placas avermelhadas que podem causar comichão e ardor, é muito importante não tentar arrancar ou coçar essas placas dado que pode abrir pequenas feridas. Neste quadro clínico é fundamental consultar um dermatologista para que aconselhe um tratamento adequado mas sabe-se que apanhar sol  melhora a condição e o stress tende a agravar o problema.

 

 

 

Alopécia areata:

A Alopécia areata caracteriza-se por perda de cabelo ou pêlos em algumas zonas em formas ovais ou redondas, é uma doença auto-imune em que o sistema imunológico  destrói tecido saudável por engano atacando a estrutura onde nasce o fio do cabelo (Bolbo). Esta doença está associada a um historial de família com os mesmos sintomas mas pode acontecer devido a um trauma ou situações de stress extremo. Nesta situação é comum o médico aconselhar tratamentos à base de esteróides  e terapias com luz ultravioleta alem de medicação oral.

 

 

 

Calvície:

A calvície é um tipo de alopécia caracterizada por uma perda gradual dos fios de cabelo devida a uma carga genética e hereditária, a calvície mais comum é a androgenética que afecta cerca de 50% dos homens. A idade em que a calvície inicia e a velocidade do processo é definida pela quantidade de genes herdados dos familiares do lado paterno, materno ou mesmo de ambos. Existem dois tipos de tratamento nesta situação, a forma cirúrgica recorrendo a implantes capilares em que é retirado unidades foliculares da região da nuca e posteriormente implantados nas zonas com menos densidade, e a clínica, em que é receitado medicamentos como minoxidil ou finasterida.

 

 

 

Couro cabeludo seco:

Se sente comichão, secura e mau-estar geral no couro cabeludo é provável que o seu couro cabeludo esteja somente seco. Esta é uma condição fácil de tratar dado que normalmente está associado ao óleo produzido pelas glândulas sebáceas para lubrificar ao couro cabeludo. Os banhos muito quentes assim como uma exposição prolongada ao sol e vento e o uso de um shampoo inadequado estão muitas vezes associados a este incomodo. Tente usar um shampoo mais hidratante e usar água tépida para não secar mais o couro cabeludo, se no entanto sentir demasiado incómodo existem loções e seruns calmantes  para o couro cabeludo que vão restabelecer o seu equilíbrio.