Portugal fashion

 

O Portugal Fashion Spring/Summer 18 decorreu este mês, com o primeiro dia a acontecer em Lisboa e, como já é habitual, na Alfandega do Porto.

Esta 41º edição do Portugal fashion contou com 30 desfiles concentrados em 4 dias distribuídos por 6 locais diferentes.

Analisamos estes desfiles Portugueses em busca das tendências de cabelo propostas para a próxima estação:

 

-Enfeites de cabelo, fitas e bandoletes, com flores a adornar o cabelo são as propostas para esta Primavera/Verão, muito ao estilo dos anos 60/70,completam qualquer look acrescentando ao visual um pormenor descontraído.

 

-O intemporal cabelo liso dividido ao meio regressa dos anos 00´s, mas surge com um toque quase hippy como uma afirmação de desprendimento da imagem.

-O cabelo apanhado usa-se sem movimento, bem colado, a contrariar o movimento e a fluidez da roupa. O grande contraste comparando com o ano passado é que na próxima estação o cabelo apanhado quer-se clássico e delicado, de forma intemporal.

 

-A forma quase arquitetónica do cabelo do desfile de Alexandra Moura surpreendeu-nos pela sua forma inesperada, inspirado nos palacetes e palácios de séc. VXIII, o cabelo quase que se confunde com brocados de época, afirmando uma silhueta diferente.

De trás as tranças, bem apertadas e delineadas, a dobrar igual aos brocados laterais, é quase um clássico futurista que nos transmite a ideia de uma obra de arte.

 

-Vimos também que o cabelo com uma textura natural, esvoaçante felizmente surge num rasgo de autenticidade.

 O cabelo quer-se casual e descontraído como a roupa, complementando as linhas do rosto e respeitando a forma natural de cada cabelo.