Pompadour- a origem do corte

O Pompadour é um corte curto caracterizado por ser mais curto dos lados e atrás, mantendo o comprimento no topo e finalizado com um volume algo exagerado.

Este corte ganhou muitos seguidores nos anos 50 quando Elvis Presley, no auge da sua carreira, adotou o estilo. Após o icónico cantor seguiu-se James Dean e Johnny Cash a popularizarem o Pompadour.

Contudo, o nome Pompadour advém do Séc.XVIII quando a Marquesa de Pompadour, amante de Luís XV e alto nome da corte Francesa, começou a usar o cabelo muito alto e volumoso no topo da cabeça. Todas as mulheres da corte a seguiram criando um movimento de penteados que assinalava a riqueza que possuíam, quanto mais volumoso fosse o cabelo, de maior estatuto eram portadoras.

Mais tarde, nos Estados Unidos, o artista Charles Dana retrata, em desenho, o primeiro ideal de mulher perfeita – uma mulher alta, com a boca e nariz pequeno, mas com o cabelo apanhado num coque e alto no topo – dando, novamente, vida ao Pompadour.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Pompadour é um corte que sofreu várias transformações ao longo das décadas, mas sempre marcado pela atitude de quem o usa.

Hoje é um corte andrógeno, que pode ser um visual mais moderno e atual ou mais clássico e conservador; que pode ser visto em inúmeros desfiles e editoriais de moda, como ser encontrado em imagens vintage e retro.